Surpresas

  • 0
Se me dessem uma tela, pincel e tinta preta para a mão e me pedissem para pintar o meu ideal de mulher provavelmente não hesitaria e com longos cabelos a desenhava.
Mas há dias que o invulgar nos surpreende, hoje foi esse o caso. Uma mulher que ultrapassava os limites do que a nossa sociedade intitula como normal, mas com estilo. A sua beleza permitia isso.

Sem comentários:

Enviar um comentário